Blog com notícias de Janaúba e região!

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Disputa pela água entre Coração de Jesus e Montes Claros tem novo capítulo

A juíza Luciana de Oliveira Torres acatou pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e concedeu liminar que suspende os serviços de uma adutora de 56 quilômetros para captação de água no município de Coração de Jesus (Norte de Minas), iniciada pela Copasa e orçada em R$ 135 milhões.

A obra tem finalidade de levar água para o município de Montes Claros, o maior da região e que enfrenta rodízio, devido à estiagem. Ribeirinhos do Pacuí iniciaram uma mobilização contra a obra da estatal sob o argumento de que poderão ficar sem água se o empreendimento entrar em operação. Eles recorreram ao Ministério Publico, que ajuizou a ação civil pública.

A liminar, concedida nesta terça-feira, se estende ao Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), que concedeu a licença para a captação de água no Pacuí. A juíza Luciana de Oliveira Torres determinou que os serviços devem permanecer suspensos até o julgamento do mérito da ação sob pena de multa no valor de R$ 100 milhões, acrescida de multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento. A Copasa vai recorrer.


Fonte: EM

Um comentário:

  1. Meu caro Pablo é um absyrdo que a COPASA ta querendo, o rio está quase no seu fibaj,,,

    ResponderExcluir